Os acordos intraestatais em aviação comercial permitem a operacionalidade das companhias de aviação, assunto não discutido na Convenção de Chicago, de 1944, que só veio a ser tratado nas negociações do primeiro acordo bilateral, em 1946, entre os EUA e a Grã-Bretanha, dois Estados soberanos.

A leitura integral dos artigos da Take Off Sirius é reservada a Assinantes e Associados da APPLA - Associação dos Pilotos Portugueses de Linha Aérea.

Para ler este e outros artigos deverá iniciar a sessão com os seus dados de acesso.

Caso não se recorde das credenciais de acesso entre em contacto, por favor, com o secretariado da APPLA.

Iniciar sessão