Unidas por alguns episódios históricos, como a primeira travessia aérea do Atlântico Sul ou facto de Santos Dumont ser filho de uma portuguesa, a aviação de Portugal e do Brasil têm mantido contacto próximo desde então apenas pontualmente. A distância geográfica entre os dois países, agravada por um oceano de permeio, a isso votou dois países irmãos no passado e na língua. Nos últimos anos foram feitos, contudo, alguns esforços para estreitar essas ligações, nomeadamente através da indústria (EMBRAER, OGMA, etc.), mas também através das Forças Aéreas (FAs) dos dois países, com a presença de observadores em exercícios militares em ambos os lados do Atlântico e, mais recentemente, através de programas de intercâmbio de pilotos.

A leitura integral dos artigos da Take Off Sirius é reservada a Assinantes e Associados da APPLA - Associação dos Pilotos Portugueses de Linha Aérea.

Para ler este e outros artigos deverá iniciar a sessão com os seus dados de acesso.

Caso não se recorde das credenciais de acesso entre em contacto, por favor, com o secretariado da APPLA.

Iniciar sessão